06 dezembro 2010

Obrigada tempo, por não teres parado nem cedido à minha vontade de parar. Obrigada tempo, por teres avançado incessantemente e por todos os dias me teres dado algo novo. Obrigada, mais uma vez, por me teres dado por 365 dias, um dia diferente. Sei que é difícil inovar a cada dia que passa. Mas tu tempo, sabes fazê-lo melhor que ninguém. Nem que seja pela mudança de local. Até a rotina se tornou diferente pelo simples facto de no horizonte todos os dias o lusco-fusco ser diferente.
É por isso que te admiro. Por apesar de te repetires todos os anos, nunca te repetes igual. Apesar de todos os dias serem à primeira vista iguais, acabam por não ser. É esse o teu dom. É essa a tua magia. Agradeço-te por este ano ter sido um dos mais diferentes desde que me lembro. Se não mesmo o mais feliz. Obrigada pelos sonhos que me deixas-te realizar. Pela força de sentir que amanhã ia ser sempre melhor, pela água nas rochas, pelo pôr-do-sol, pêlo nascer do mesmo. Por uma tarde de choro, por uma noite de sorriso, pelas noites quentes, pelos dias de chuva. Obrigada pelos ensinamentos e pelas ambições. Mas acima de tudo, obrigada pelo amadurecimento que, do dia para a noite, se tornou mais visível e pelos amigos que apesar de todas as mudanças continuam presentes. Obrigada 2010. Foste um grande ano.

(Amigos, obrigada por tudo. Poucos mas bons)

8 comentários:

  1. espero q este tempo deste ano seje melhor pra ti querida :)

    ResponderEliminar
  2. a descrição do teu blog não podia estar mais certa! :D
    gostei muito do que vi, vou seguir :)

    ResponderEliminar
  3. Gostei do teu blog e tô seguindo!
    Se puder segue o meu também?

    http://amar-go.blogspot.com/

    - Agradecida rs :)

    ResponderEliminar

Deixar opinião não custa nada. Obrigada e voltem sempre :D! Ana Guedes